[DEBATE] Vale a pena ensinar classificando as funções inorgânicas?

Este slideshow necessita de JavaScript.

⊙△⊙ Ensinar Funções Inorgânicas, agrupando os compostos como ácidos, bases, óxidos e sais e depois classificando-os como, por exemplo, óxido de caráter ácido, básico, sal ácido, sal básico etc, seria o melhor caminho? (◡‿◡✿)

.¸¸.*♡*.¸ ¸.*☆*¸.*♡*.¸ ¸.*☆*.¸ ¸.*♡*.¸¸.*

Comente para dar início ao nosso debate!

.¸¸.*♡*.¸ ¸.*☆*¸.*♡*.¸ ¸.*☆*.¸ ¸.*♡*.¸¸.*

®║▌│█║▌│ █║▌│█│║▌║® © ®

Curta a página do facebook:

http://facebook.com/discutindoensinodefuncoesinorganicas

Professor, não se esqueça de entrar para o grupo de discussão e continuar a aprofundar a questão com seus pares:
http://facebook.com/groups/discutindoensinofuncoesinorganicas

®║▌│█║▌│ █║▌│█│║▌║® © ®

Anúncios

4 comentários em “[DEBATE] Vale a pena ensinar classificando as funções inorgânicas?

  1. Eu acho que se formos a fundo e buscarmos porque estudamos e repassamos o que estudamos para nossos alunos da forma como nos foi apresentado esse tema, pode ser por pura tradição que usemos esse formato.
    A metodologia de agrupar substâncias no mesmo grupo por terem características similares, ao meu ver é herdada da Química Inorgânica, pois há estudos de grupos de elementos e espécies desses elementos e carreado, inclusive para a química analítica, mais especificamente a análise qualitativa.
    Por isso, acredito que por anos seja essa a única forma apresentada para alunos de NM.
    Mas vendo a fundo, buscando os teóricos citados, seus esperimentos e teorias ligadas aos experimentos utilizados por eles, por exemplo, toda teoria ácido-base aquosa utilizando os conceitos ditos de Arrhenius, quando o que o próprio cientista disse foi completamente distorcido.
    Agora, basta saber, precisamos manter conceitos errados e criarmos problemas para os alunos ainda no futuro, ou podemos buscar metodologias diferentes que contornem esse problema para que os alunos possam aprender de verdade e não só decorar nomes e classificações tão somente?
    Bom domingo,
    Cristiana

    Curtido por 1 pessoa

  2. Republicou isso em Pesquisas de Químicae comentado:
    Eu acho que se formos a fundo e buscarmos porque estudamos e repassamos o que estudamos para nossos alunos da forma como nos foi apresentado esse tema, pode ser por pura tradição que usemos esse formato.
    A metodologia de agrupar substâncias no mesmo grupo por terem características similares, ao meu ver é herdada da Química Inorgânica, pois há estudos de grupos de elementos e espécies desses elementos e carreado, inclusive para a química analítica, mais especificamente a análise qualitativa.
    Por isso, acredito que por anos seja essa a única forma apresentada para alunos de NM.
    Mas vendo a fundo, buscando os teóricos citados, seus esperimentos e teorias ligadas aos experimentos utilizados por eles, por exemplo, toda teoria ácido-base aquosa utilizando os conceitos ditos de Arrhenius, quando o que o próprio cientista disse foi completamente distorcido.
    Agora, basta saber, precisamos manter conceitos errados e criarmos problemas para os alunos ainda no futuro, ou podemos buscar metodologias diferentes que contornem esse problema para que os alunos possam aprender de verdade e não só decorar nomes e classificações tão somente?
    Bom domingo,
    Cristiana

    Curtido por 1 pessoa

  3. Ainda não finalizei a leitura dos textos sugeridos, mas que tal elencarmos os erros e propormos ideias para alinhar os mesmo a a uma construção relevante de conhecimento? no aguardo de comentários. Marcelo.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Marcelo,
      Repassarei as suas sugestões a equipe do projeto.
      Tenho certeza de que acatarão e serão consideradas as suas sugestões.
      Continue nessa busca e sugerindo mais conteúdo e debates. Isso é muito importante para nosso crescimento, é a partir desse movimento que traremos mais questões para à comunidade opinar/questionar.
      Até mais, e muito obrigada mais uma vez,
      Cris

      Curtir

Contribua com o debate

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s